OMIP-Pólo Português ganha Prémio Abertura 2020

OMIP-Pólo Português ganha Prémio Abertura 2020

2020- 11- 11
Trofeu Prémio Abertura 2020

A ESOP - Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas, atribuiu hoje, dia 11, o Prémio Abertura 2020, um galardão anual que visa distinguir as entidades que contribuem para a dinamização do software Open Source e Tecnologias Abertas em Portugal. Com a primeira edição em 2009, o Prémio Abertura tem distinguido inúmeras entidades nacionais dos sectores público e privado. Pode conhecer os vencedores de todas as edições anteriores no site da ESOP aqui.

Apesar dos constrangimentos provocados pelo COVID-19, este ano foram sete as entidades candidatas ao Prémio Abertura, com projetos de relevância e que primam por utilizar tecnologias Open Source.

O Vencedor do Prémio Abertura 2020 foi apresentado por Paulo Ribeiro, Vice-Presidente da ESOP, no Open Source Lisbon 2020, que é o maior evento anual dedicado ao software open source realizado em Portugal e que promove a partilha de experiências, casos de sucesso e aplicações inovadoras que utilizam tecnologias Open Source.

Na Edição 2020 o vencedor do Prémio Abertura é o OMIP-Pólo Português, S.G.M.R., S.A..Esta empresa portuguesa faz parte do Operador do Mercado Ibérico da Eletricidade (OMI) que está estruturado em duas sociedades detentoras de ações, a OMEL e a OMIP SGPS. Cada sociedade detém parte das duas sociedades gestoras do mercado elétrico na Península Ibérica, nomeadamente: a OMIE, gestora do mercado diário e intradiário, e a OMI - Pólo Português (OMIP), gestora do mercado a prazo. Por sua vez as sociedades gestoras detém também uma participação na sociedade OMIClear - Sociedade de Compensação de Mercados de Energia,SA.

A JAVALI foi a empresa responsável pelo desenvolvimento dos websites OMIP (OMI-Polo Português) e OMIClear. Com um design mais atual e com uma estrutura de conteúdos mais intuitiva e organizada, a JAVALI desenvolveu e implementou o conceito de multisite, utilizando o Content Management System(CMS) Open Source, Drupal.

Foram, ainda, entregues Menções Honrosas ao Banco de Portugal e ao Instituto de Informática.

O Banco de Portugal, estava nomeado pela implementação de uma solução de integração e entrega contínuas (CI/CD) e orquestração de Containers baseada em Red Hat Openshift. Os responsáveis pelo desenho e implementação desta solução de CI/CD e orquestração de Containers para suporte ao Portal de Estatísticas do Banco de Portugal foram a SYONE e a Red Hat. A solução foi implementada com recurso a várias tecnologias Open Source como Python, Django, Red Hat Openshift, Jenkins e Red Hat Container Native Storage.

Este novo portal BPstat divulga e disponibiliza mais de 300 mil séries estatísticas sobre a economia portuguesa e a economia da área do euro, produzidas pelo Banco de Portugal e por diversas entidades estatísticas nacionais e internacionais. Apresenta uma lógica de navegação mais simples e intuitiva, integrando informação estatística, textos e conteúdos infográficos para uma melhor compreensão dos dados publicados; no portal, o utilizador pode pesquisar, aceder e cruzar dados estatísticos de diversos domínios e subdomínios, e pode ainda construir gráficos, exportar conteúdos e partilhar informação com outros utilizadores.

O Instituto de Informática, I.P., foi nomeado pela App Segurança Social + Próxima & Framework Mobile. Está disponível em Android e iOS, e já conta com mais de 125.000 instalações em 6 meses. A App Segurança Social + Próxima permite aos Cidadãos e às Empresas o acesso a vários serviços da Segurança Social. O desenvolvimento desta app e da Framework Mobile contou com a participação da LINKARE. A app, a framework e os processos de construção são totalmente implementados em software de código aberto e utilizam tecnologias como Angular, ionic, Java, Glassfish, Jenkins, Maven e Cordova.