ESOP na JORTEC Informática 2022

2022 - 04 - 20
Eventos Open Source
Image
Gerardo Lisboa na Jortec 2022

A ESOP foi convidada a participar na JorTec – Jornadas Tecnológicas 2022, um evento anual organizado pela Associação dos Estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa e dinamizado por comissões independentes e Núcleos pedagógicos.

O evento foi constituído por várias palestras, workshops e vários momentos de partilha. Em 2022 realizou-se entre os dias 17 e 25 de fevereiro, com o tema: “A digitalização e os seus desafios”.

O presidente da direção da ESOP, Gerardo Lisboa, fez uma apresentação no dia 24 de Fevereiro na sessão de Engª Informática, com o tema ‘Open Source, oportunidade para a Economia, Soberania Digital e Empregabilidade’. A fim de dar a conhecer a ESOP, as vantagens de trabalhar com Open Source e de como a participação na comunidade é importante para a evolução do sector, mas também alertando para um dos maiores desafios tecnológicos na Europa que é a soberania digital.

Gerardo Lisboa apresentou os seguinte temas base que definem o que é o Open Source hoje em dia:

OPEN SOURCE É AUTONOMIA DIGITAL
As tecnologias baseadas em Open Source são a chave para uma Soberania e Autonomia Digitais: Colocam em primeiro lugar pessoas e empresas locais, o investimento nestas tecnologias é reinvestido em recursos locais, que assim se tornam mais capazes digitalmente, com mais e melhores conhecimentos, com implicações diretas na melhoria da economia das regiões em que se inserem.

OPEN SOURCE ACOLHE TODOS
As comunidades Open Source são também o que permite uma mais fácil entrada nestas tecnologias, não importa o nível de conhecimento anterior, haverá sempre alguém disponível para ajudar. As comunidades Open Source são inclusivas: origem, língua, religião, não são tidas em conta quando o que interessa é trabalhar para um bem comum.

OPEN SOURCE É EMPREGO
Finalmente, as tecnologias baseadas em Open Source são as que mais facilmente abrem a porta a oportunidades de emprego: já não são os currículos trabalhados ou as entrevistas que decidem contratações mas antes as contribuições feitas aos projetos, quer seja em código novo, correções, traduções ou outro trabalho nas comunidades.

Segundo Gerardo Lisboa:

“Os eventos organizados pelos estudantes de tecnologia são de particular importância para dar a conhecer aos futuros profissionais a importância do Open Source. Agradeço a excelente organização deste evento.”

A ESOP agradece uma vez mais o convite e congratula todos os organizadores pelo excelente evento.