Encontro de Associados ESOP

2020- 07- 27

Primeiros efeitos da pandemia nos associados ESOP

No passado dia 15 de Julho tivemos mais um Encontro de Associados ESOP. Desta vez decorreu online através da plataforma Open Source jitsi e contou com a presença dos associados ESOP: Ângulo Sólido, Caixa Mágica, Hopla, Syone, IPBrick, Linkare, Javali e Eurotux, que puderam discutir temas de relevância para o sector.

O primeiro tema a ser debatido foram os últimos avanços em matéria de transição digital governamental, nomeadamente no sistema de ensino português. A direção apresentou algumas ideias e ouviu os associados presentes.

De seguida os associados ESOP tiveram oportunidade de fazer um breve balanço das suas atividades do 1º semestre de 2020, com um 2º trimestre bastante atípico.

Para estes associados o trabalho remoto não foi problemático, muitos iniciaram-no ainda antes do estado de Emergência ser declarado em Portugal. Perante a instabilidade que se estava a gerar devido à pandemia do Covid-19, os associados ESOP resolveram proteger os seus trabalhadores e impuseram o trabalho remoto. Alguns associados já permitiam o trabalho remoto ocasional, outros já trabalhavam em remoto de forma mais permanente e por isso consideraram que foi uma transição que decorreu naturalmente. Encontraram alguns desafios, designadamente ao nível dos departamentos comerciais, que tiveram de inovar nos métodos, ou ao nível das equipas técnicas, que foram em alguns casos sobrecarregadas. Nesse sentido e de forma a garantir que todos continuassem articulados e a desenvolver positivamente os seus projetos, surgiu uma nova forma de trabalhar, novas rotinas. A frequência das reuniões internas aumentou, sempre realizadas por chamadas ou videoconferências. Mas consideram que o trabalho continuou a ser desenvolvido com o mesmo ritmo. O facto dos colaboradores estarem em casa não afetou a sua performance.

Ao nível da evolução da procura, ficou patente o aumento da procura pelas soluções e plataformas de partilha, que por sua vez aumentaram as preocupações com a segurança dos dados.
De facto, de uma forma geral o número de ciberataques aumentou muito durante a quarentena. Em parte porque a superfície atacável aumentou, mas também porque se verificaram algumas imprudências na capacitação para que os trabalhadores fossem capazes de executar as suas funções a partir de casa. Internamente, os associados ESOP não registaram incidentes deste tipo, mas sentiram o aumento das preocupações junto dos seus clientes.

A dinâmica da sociedade está diferente, está mais digital e é com expectativa que os associados ESOP aguardam os próximos meses. A ESOP, continuará a lutar pelos conceitos de Software Aberto, Interoperabilidade, Normas Abertas e Independência de Plataformas Tecnológicas, sempre prestando apoio às empresas e organizações na avaliação de alternativas Open Source.

Fotografia de Matthew Henry, disponível em Burst